Não te assusta com a sombra, faz parte de nós...


...há belezas não descobertas no obscuro, olhe e veja!

sábado, 30 de junho de 2007

Eu por mim

Não é uma fase minha!
Eu sei mto bem meu lugar
Eu sou aquela que provoca os caras, que eles todos sentem tesão, que todos comeriam até com vidro e areia!
Mas não sou aquela que levariam para casa, para mostrar à avó
Vai que o cabelo vermelho cegue a velhinha de vez?!
Ou as fivelas dos meus coturnos raspem a bela cadeira de verniz??!!
Ou a mãe fique com ciúmes do pai, e o irmão mais novo dê em cima?!
:O
Eu sou aquela que todos param para ver dançar, mas nunca param para ver quando chora
Aquela da qual todos gostam de comprar cerveja, pq: "Tem mais sabor..."
Mas nunca aquela para a qual compram um cerveja
Eu sou aquela que vários chegam e pedem da amiga, falam de todas as mulheres gostosas do mundo, e saem sem dar tchau!!
Mas não sou aquela da qual falam para as amigas
Sempre aquela que ficava em segundo ou terceiro lugar, em TUDO!!
No boteco, os caras me olham com um desejo animalesco
Pelo olhar nota-se que eles já estão me comendo ali mesmo!
Rrrrrooooooooaaaaaarrrrrrr
Mas um olhar terno, gentil, amoroso....
Esses eu pouco conheço
Sou sempre aquela de personalidade forte, ou a inteligente, a divertida...
Nunca a querida, bonita, fofa...
Mas tudo bem!
Porque eu não sou ordinária!
E ralmente, tudo bem!

TUDO BEM MESMO!!

Porque esses caras que não me vêem,são comuns!
E eu não me mostro para qualquer demente!!
Por isso eles não me enxergam, mesmo que eu caia sobre o colo deles

AINDA BEM...

Porque com certeza, eles não são o tipo de homem que eu gostaria de ter ao meu lado, nem que por um instante (a não ser que fossem mega gostosos e queridos...mas daí só por um instante mesmo!)
=]
O homem que eu quero, assim como eu, não é comum!
Não se apega a beleza como principal
Vê a beleza de outra forma, como ela deve ser vista, como um conjunto

In & Out

Ying & Yang

Não é superficial, raso, com xalalás grotescos
Aliás, com ele não tem xalalá, ele fala na cara mesmo: "Quero teu beijo!"

...

Vocês, gentinhas que falam coisas agradáveis, em momentos indesejáveis, para as pessoas erradas, com os motivos errados, e as intenções distorcidas...

AFASTEM-SE!!

Vão procurar as mocinhas de beleza EXTERNA, fáceis de agradar, que se contentam com qualquer coisa, porque só assim para se contentarem com vocês!!

Sim, eu sou exigente!
Sim, eu demando um padrão!
Não, não é chatisse, é não querer algo inferior ao que posso ter, ao que sou!
Esnobe?!
Não!!
Verdadeira!!



SEJAM VOCÊS TAMBÉM!!

sexta-feira, 22 de junho de 2007

Lhe digo: "Dorme comigo?!"
Prontamente ele mexe nas cobertas;
E o puxo para perto de mim.
De costas
Colado em meu peito
Assim dormimos.
Agarrados!
Abraçados!
De mãos dadas!
Sentindo o calor um do outro...
Eu - um bocado menos solitária
Ele - ronronando

terça-feira, 19 de junho de 2007

Dois Pólos

Oh! Noite turva

Vida escura

Sono insone, infame

Ínfimo

O dia sobe, púrpuro e adormecido

A Lua some

O céu cinza-chumbo implora clemência

Ternura, candura, brandura

Pare! Ébano soturno

Que irrompe consigo meus sonhos maternos

Internos, infernos!

Choro de regozijo

Gozo de amargura

Traga nem que em mil anos

Nem que vão

Nem que efêmero

Impensado, amor

Apenas como Platão amei

A ti, vil e doce criatura

E como a alma ilógica que sou

Morro sem viver!

Amor noturno

Soturno

Escape, destaque-se

De ilusão vivi

Obscuro prazer, obtive do choro que provoquei

Horror!! Morro jamais!